top of page

Como saber se o tumor no rim é benigno ou maligno?

O câncer de rim, na maioria dos casos, não apresenta sintomas nas fases iniciais e, por isso, é descoberto geralmente em exame de imagem de rotina, como uma ultrassonografia do rim, por exemplo, para avaliação de outras possíveis doenças.


rim

Quando o resultado de exame de imagem acusa a presença de uma lesão no rim ela pode ser um nódulo ou cisto.  Toda lesão renal que tem o conteúdo interno líquido é chamada de cisto, enquanto as lesões com conteúdo sólido são chamadas de tumor ou nódulos.


Os nódulos e alguns tipos de cistos são considerados lesões suspeitas de câncer, por

tratar-se de uma proliferação anormal de células.  Exames como a ressonância magnética e a tomografia computadorizada podem auxiliar na investigação dos nódulos e cistos, fornecendo informações úteis para o diagnóstico de lesões renais suspeitas de câncer.


Porém, o diagnóstico real de câncer só ocorre após o médico patologista analisar microscopicamente as células do nódulo e afirmar que elas possuem as características de câncer.  Isso ocorre através da biópsia do nódulo, que pode ser realizada de duas formas: pela retirada de fragmentos da lesão por meio de uma agulha especial inserida no abdome do paciente ou pela retirada cirúrgica da lesão que depois é encaminhada para o exame do patologista.


Portanto, nem toda lesão no rim é câncer.  A maioria dos cistos possuem características benignas, e não tem risco de invadir outros órgãos ou dar metástases.  Assim como nem todo tumor ou nódulo no rim é um câncer, pois podem existir nódulos com características benignas. 


É importante que todos os casos sejam investigados, para que o diagnóstico seja feito de forma precisa.

 

Cisto no rim


Na maioria dos casos, os cistos renais são benignos, mas alguns podem evoluir para um tumor renal ou um câncer de rim.


Os cistos podem ser classificados como cisto simples ou cisto complexo.


  • Cisto simples: é benigno e tem como características paredes finas, formato arredondado e regular, com conteúdo líquido límpido e cristalino


  • Cisto complexo:  algumas partes dentro do cisto podem ser sólidas, com contornos irregulares, com presença de septos ou fibroses. Nesse caso, pode tratar-se de um tumor maligno no rimmas com características de cisto.

 

Tumor de rim e o câncer de rim


Os tumores se caracterizam por nódulos sólidos, e acabam trazendo mais preocupação, necessitando investigação atenciosa. Em alguns casos pode ser necessário realizar uma biópsia com retirada de fragmentos para confirmar se é um tumor benigno ou um câncer de rim.


Se for identificado um tumor benigno, provavelmente a indicação do médico será pelo acompanhamento do caso, sem nenhuma intervenção a princípio. Caso seja identificado um câncer de rim, de acordo com as características do tumor e condições clínicas do paciente será indicada a melhor alternativa de tratamento.

 

Quando o exame pode indicar um tumor no rim?


Algumas características nos exames podem sugerir que se trata de um câncer de rim:


  • Nódulo maior do que 4 cm tem mais probabilidade de ser um câncer

  • Nódulos sólidos, com contorno irregular, paredes mais grossas ou áreas de necrose

  • Crescimento do nódulo ao longo do tempo

  • Histórico de casos de câncer de rim na família

 

Sintomas do câncer de rim


É importante sempre procurar o médico ao perceber alguma alteração para que haja uma avaliação e descarte qualquer suspeita:


  • sangue na urina (hematúria)

  • caroço ou massa na lateral do abdome, ou na parte inferior das costas

  • febre sem explicação por algumas semanas

  • perda de peso sem justificativa

  • anemia

  • dor persistente na lombar, no abdômen ou na parte inferior das costas

  • fadiga

  • inchaço dos tornozelos e pernas

 

Comments


bottom of page