Mitos e Verdades sobre Câncer de Próstata

Dr. Renato Oliveira, Cirurgião Uro-Oncologista do IUCR, explica os mitos e verdades sobre o câncer de próstata. Confira.



Ter o PSA aumentado é sinal de câncer de próstata?

MITO. O antígeno prostático pode apresentar alterações em várias situações que não o câncer, como a hiperplasia benigna da próstata, prostatite (uma inflamação) e trauma. Por isso é importante a avaliação médica.


Histórico familiar pode aumentar o risco da doença?

Verdade. Os principais fatores para o desenvolvimento do câncer de próstata são o envelhecimento e a hereditariedade. Para quem tem histórico familiar, é recomendável fazer o exame de toque retal a partir dos 45 anos, cinco anos antes de quem não tem casos da doença na família.


O ritmo da atividade sexual afeta o risco do câncer de próstata?

Mito. Apesar de alguns estudos recentes terem analisado a possível associação entre o câncer de próstata e a frequência das relações sexuais e a quantidade de parceiras, ainda não foi possível obter nenhum tipo de confirmação sobre o assunto.


Homens negros têm mais risco de desenvolver câncer de próstata?

Verdade. Estudos mostram que afrodescendentes têm risco 60% maior de desenvolver a doença do que homem brancos, Isso Provavelmente, por questão genética essa tendência seja maior nesse grupo. Por isso, é recomendável que iniciem os exames de prevenção ( toque retal e PSA), a partir dos 45 anos.


O aumento da próstata indica que tenho câncer?

Mito. É natural a próstata crescer com a idade. Os principais fatores para o aumento benigno da próstata são o próprio envelhecimento e os níveis de testosterona. A maioria dos homens com mais de 60 anos, aliás, tem a próstata maior do que quando eram jovens. Mas nada disso interfere no risco de desenvolvimento do câncer.


A vasectomia é um fator para desenvolvimento do câncer de próstata?

Mito. Diversos estudos e pesquisas sobre o tema já foram realizados e mostraram que não há relação.


O câncer de próstata é contagioso?

MITO. O câncer de próstata não é uma doença infecciosa ou contagiosa e não há nenhuma chance da doença ser transmitida para outras pessoas.

1,214 visualizações
IUCR_logo_hor_CEMYK_negativo.png
logo-fb.png
logo-linkedin.png
instagram-logo-icon-voronezh-russia-nove
logo-youtube.png
Médico responsável: Dr. Gustavo Cardoso Guimarães - CRM/SP 80506
Copyright © Instituto de Urologia, Oncologia e Cirurgia Robótica Dr. Gustavo Guimarães. Todos os direitos reservados