O que é Uro-Oncologia e quando procurar um médico uro-oncologista?

O câncer é um conjunto de doenças que pode se desenvolver também nos órgãos que compõem o trato urinário e os genitais masculinos. Existe uma área de atuação médica que se dedica a diagnosticar, prevenir, tratar e acompanhar esses tipos de tumores: a Uro-Oncologia ou Urologia Oncológica.



O que é a Uro-Oncologia ou Urologia Oncológica?


Pois bem, a Uro-Oncologia é uma uma área de atuação que une a Urologia e a Oncologia, ou seja, os médicos uro-oncologistas têm formação e experiência para o diagnóstico, prevenção, tratamento e acompanhamento de alguns tipos de câncer, entre eles: próstata, pênis, testículos, rins, bexiga, pelve, ureter e adrenal.


O uro-oncologista é um profissional apto a realizar o tratamento cirúrgico desses tipos de tumores. Ele atua, em conjunto com outras especialidades, como o patologista, o oncologista clínico, o radio-oncologista e a equipe de suporte para oferecer ao paciente um tratamento oncológico multidisciplinar.


Quando procurar um médico uro-oncologista?


Anualmente, a estimativa de novos casos de câncer do trato-urinário vem crescendo. O câncer de próstata, por exemplo, é o segundo tumor mais frequente em homens, atrás somente do câncer de pele não-melanoma.


É muito importante estar atento a qualquer sintoma ou alteração persistente em alguns desses órgãos. Ao observar sinais suspeitos, deve-se procurar a avaliação médica imediatamente. No caso dos homens, a partir dos 50 anos, é indicado iniciar o rastreamento do câncer de próstata com a realização do exame de toque retal e de PSA. Se houver

histórico de casos de câncer de próstata em parente de primeiro grau, o início do rastreamento deve ser aos 45 anos.


Quais os sintomas que precisam de avaliação de uro-oncologista?


Alguns sintomas ou sinais podem ser indicativos de um câncer nos órgãos do trato-urinário dos genitais masculinos. Por isso, é importante estar atento a essas alterações e buscar avaliação médica caso elas persistam.


Câncer de próstata:

• Dor ou ardência ao urinar

• Dificuldade para urinar ou para conter a urina

• Fluxo de urina fraco ou interrompido

• Necessidade frequente ou urgente de urinar

• Dificuldade de esvaziar completamente a bexiga

• Sangue na urina ou no sêmen

• Dor contínua na região lombar, pelve, quadris ou coxas

• Dificuldade em ter ereção

Câncer de pênis

• Dor ou mudança na cor e textura da pele do pênis

• Crescimento ou lesão semelhante a verrugas que podem ou não ser dolorosas

• Coceira

• Ferida que não cicatriza ou erupção avermelhada

• Inchaço

• Corrimento persistente e fedido

• Linfonodos inchados na virilha

Câncer de testículo

• Nódulo pequeno, duro e indolor

• Mudança na consistência dos testículos

• Sensação de peso no saco escrotal

• Dor incômoda no baixo ventre ou na virilha

• Coleta súbita de fluido no escroto

• Dor ou desconforto no testículo ou no saco escrotal

• Crescimento da mama ou perda do desejo sexual

• Crescimento de pelos faciais e corporais em meninos muito jovens

• Dor lombar

Câncer de bexiga

• Sangue na urina (hematúria) - dependendo da quantidade de sangue, a urina pode ter uma cor alaranjada ou vermelha escura ou a cor natural mesmo, onde pequenas quantidades de sangue somente são identificadas em um exame de urina de rotina.

• Micção frequente, maior que a habitual

• Sensação de dor ou queimação ao urinar

• Urgência em urinar, mesmo quando a bexiga não está cheia

• Dificuldade para urinar ou fluxo de urina fraco

Câncer de rim

• sangue na urina (hematúria)

• caroço ou massa na lateral ou na parte inferior das costas

• febre sem explicação por algumas semanas

• perda de peso sem justificativa

• anemia

• dor persistente na lombar, no abdômen ou na parte inferior das costas

• fadiga

• inchaço dos tornozelos e pernas

136 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo