top of page

Quais as causas do câncer de bexiga?

Entender quais são as causas do câncer de bexiga pode contribuir para a prevenção da doença. Assim, o tabagismo é o principal fator de risco para o câncer de bexiga, o segundo tumor urológico mais comum entre os homens.



Não é somente o pulmão que sofre quando a pessoa coloca para dentro de seu organismo mais de 4.720 substâncias tóxicas presentes no cigarro, dentre elas, a nicotina e o alcatrão, compostos por mais de 40 substâncias comprovadamente cancerígenas.


Os fumantes têm 4 a 7 vezes mais probabilidade de desenvolver câncer de bexiga do que os não fumantes. A doença acomete, principalmente, pessoas a partir dos 55 anos, com pico de incidência entre os 60 e 70 anos.

 

Ao fumar, as substâncias tóxicas do cigarro percorrem o organismo, causando estragos por onde passa. No final, são eliminadas pelo rim, agredindo as paredes da bexiga. Essa região da bexiga é composta por diversas camadas, formadas por diferentes células. O câncer é considerado superficial quando atinge a camada que reveste o órgão.  No entanto, também pode se disseminar através do revestimento da bexiga, invadindo a parede muscular e atingindo outros órgãos.

 

Além do tabagismo


Também são fatores que aumentam o risco para a doença: exposição a produtos químicos, como aminas aromáticas, benzidina e beta-naftilamina, utilizados na indústria de corantes; determinados produtos químicos orgânicos; exposição à fumaça do óleo diesel; uso de alguns suplementos fitoterápicos ou medicamentos, como pioglitazona para diabetes por mais de um ano; uso de suplementos dietéticos que contêm ácido aristolóquico; exposição a arsênico; baixo consumo de líquidos; irritações e infecções crônicas (urinárias, cálculos nos rins e bexiga).


Além disso, a histórico familiar: pessoas com familiares que tiveram câncer de bexiga têm um risco aumentado para desenvolvimento da doença.

 


Sintomas


O sinal mais frequente da doença é a presença de sangue na urina. Dependendo da quantidade de sangue, a urina pode ter uma cor alaranjada ou vermelha escura. Pequenas quantidades de sangue somente são detectadas em um exame de urina. No entanto, o sangue na urina não significa necessariamente um diagnóstico de câncer de bexiga. O sangue pode ser causado por outros motivos, como infecção, tumores benignos, pedras nos rins ou outras doenças renais benignas.


É recomendado sempre procurar um médico para fazer o diagnóstico o quanto antes.


De acordo com o levantamento da American Cancer Society, as chances de cura do câncer de bexiga na fase mais precoce são de 96%.

64 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

ความคิดเห็น


bottom of page