Quais são os tipos de câncer urológicos que podem acometer as mulheres?

O sistema urinário é composto por um conjunto de órgãos que contempla os rins, ureteres, bexiga, uretra e adrenal. Todos esses órgãos podem desenvolver o câncer tanto nos homens como nas mulheres.


Dados mostram que os tumores urológicos são mais incidentes nos homens, uma das explicações para isso é o fato de terem como fatores de risco o tabagismo e a exposição a produtos químicos em função do trabalho, o que está mais presente na população masculina.

Dentre os sinais de alerta mais comuns para o câncer do trato urinário, que leva as mulheres a buscarem avaliação médica, está o sangue na urina (hematúria). Esse sintoma, nem sempre está relacionado ao câncer, mas é importante investigar a sua causa.


Quais sintomas as mulheres precisam estar atentas e procurar avaliação de uro-oncologista?

• Sangue na urina (hematúria) - dependendo da quantidade de sangue, a urina pode ter uma cor alaranjada ou vermelha escura ou a cor natural mesmo, onde pequenas quantidades de sangue somente são identificadas em um exame de urina de rotina.

• Micção frequente, maior que a habitual

• Sensação de dor ou queimação ao urinar

• Urgência em urinar, mesmo quando a bexiga não está cheia

• Dificuldade para urinar ou fluxo de urina fraco

• Caroço ou massa na lateral ou na parte inferior das costas

• Febre sem explicação por algumas semanas

• Perda de peso sem justificativa

• Anemia

• Dor persistente na região lombar, no abdômen ou na parte inferior das costas

• Fadiga que não melhora

• Inchaço dos tornozelos e pernas

Diagnóstico do câncer urológico na mulher: como é feito?


A maioria dos casos de câncer urológico na mulher é diagnosticado no momento da avaliação de algum outro problema de saúde ou check-up de rotina. Não há apenas um exame de sangue ou mesmo de urina que seja responsável pelo diagnóstico, é necessária a realização de um conjunto de exames que pode envolver: exames de sangue, de urina, exames de imagem (ultrassom, tomografia computadorizada ressonância magnética, cistoscopia) e biópsia, com a remoção de uma amostra de tecido para avaliação do médico patologista em laboratório

657 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo