top of page

Todos os pacientes que fazem quimioterapia vão ter queda de cabelo?

Dra. Andrea Gadelha Guimarães explica sobre um dos efeitos colaterais mais conhecidos da quimioterapia: a queda de cabelos




Quando um paciente oncológico recebe a notícia que vai precisar fazer quimioterapia, uma das dúvidas mais comuns é saber se ele vai ter queda de cabelo durante o processo


Sim, a quimioterapia pode causar queda de cabelo, assim como outras reações, entre elas fadiga, enjoos e desidratação. Esses efeitos podem variar para cada paciente, assim como também há condutas terapêuticas que podem contribuir para minimizar essas condições.


Um ponto importante: nem todos os tratamentos quimioterápicos resultam em queda de cabelo. Isso porque os medicamentos utilizados são diferentes para cada caso e depende das características individuais do organismo de cada paciente. Algumas pessoas podem não ter a queda, assim como outras terão apenas um afinamento leve dos fios.


Mas por que a quimioterapia pode trazer queda de cabelo?


Isso acontece porque o objetivo da quimioterapia é atacar as células cancerígenas. Essas células podem apresentar, rápido crescimento e multiplicação celular. Esse aspecto também é observado em outros tipos de células, como as do cabelo. Por isso, a quimioterapia pode gerar a queda.


Se meu cabelo cair durante a quimioterapia, quando tempo demora para crescer?


A maioria dos pacientes veem o cabelo crescer novamente cerca de 6 a 8 semanas após o término da quimioterapia.


Existem algumas opções que podem ser utilizadas durante essa temporada e que auxilia na autoestima: perucas, lenços e outros acessórios.

Comentarios


bottom of page