Novembro Azul: mês de conscientização do câncer de próstata

Atualizado: 30 de Nov de 2018

Diagnóstico precoce aumenta em 90% as chances de sucesso no tratamento


Cuidar de você é cuidar de quem você ama

Novembro Azul é o mês de conscientização do câncer de próstata.Também é o mês em que se celebra o Dia Nacional de Combate ao Câncer. Essa é uma campanha mundial que enfatiza a importância da prevenção e do diagnóstico precoce para o combate a doença.


No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. A estimativa é que, ao final de 2018, 68 mil novos casos tenham sido diagnosticados.


Diagnóstico precoce

Em geral, o câncer de próstata é diagnosticado em homens com idade superior a 60 anos. Ele cresce lentamente e na fase inicial, não apresenta sintomas. Já em fase mais avançada, os sintomas podem aparecer, entre eles: dor ou queimação ao urinar, jato urinário fraco, sensação de que não urinou tudo, presença de sangue na urina ou necessidade frequente de urinar. “Sintomas como esses também podem estar relacionados ao crescimento benigno da próstata. É preciso sempre consultar um urologista para uma avaliação”, recomenda Dr. Gustavo Guimarães, Cirurgião Uro-Oncologista do IUCR.



É fundamental, a partir dos 50 anos, manter a rotina de visita anual ao urologista para fazer os exames diagnósticos e checar como está a saúde da próstata. Quem tiver na família casos de câncer de próstata deve começar mais cedo, aos 45 anos. Negros também devem fazer o exame a partir dos 45 anos, porque têm mais tendência a desenvolver a doença.


Os principais exames são o clínico de toque retal e o de sangue PSA (dosagem do antígeno prostático específico). “Esses são exames simples, indolores e rápidos que podem salvar vidas. Para ter uma ideia da importância do diagnóstico precoce, a chance de sucesso no tratamento em estágio inicial do câncer de próstata supera 90%”, afirma Dr. Gustavo.


Por que surge o câncer de próstata

A hereditariedade está entre os principais fatores de risco. “Um homem que apresente casos de câncer de próstata em duas gerações passadas tem oito vezes mais chance de desenvolver a doença em relação àquele que não apresenta casos na família”, diz Dr. Gustavo.


Além disso, alimentação rica em gordura e vida sedentária também são fatores que contribuem para aumentar o risco para esse tipo de câncer.


E para prevenir

Adotar uma alimentação saudável, rica em antioxidantes como o selênio, a vitamina E e o licopeno. Os antioxidantes são capazes de inibir efeitos perigosos de oxidação dos tecidos. Além disso, praticar exercícios físicos regularmente, não fumar e ter moderação no consumo de bebidas alcoólicas são as recomendações para prevenção do câncer e para ter uma vida mais feliz.

logo-negativo-novo.png
logo-fb.png
logo-linkedin.png
logo-youtube.png
Médico responsável: Dr. Gustavo Cardoso Guimarães - CRM/SP 80506
Copyright © Instituto de Urologia, Oncologia e Cirurgia Robótica Dr. Gustavo Guimarães. Todos os direitos reservados