Pesquisa científica mostra sucesso no uso de vacina contra câncer de mama triplo negativo em animais

Matéria publicada no UOL, no dia 12.11., mostra os resultados de um estudo ainda em fase inicial, realizado em animais, pelo Instituto Wyss, da Universidade de Harvard (EUA), em parceria com o Instituto do Câncer Dana-Farber e publicado na revista científica "Nature Communications"



A pesquisa  apresentou resultados animadores em camundongos com câncer de mama triplo negativo (representa 15% dos casos de câncer de mama no mundo), que é mais frequente entre mulheres jovens e apresenta habitualmente comportamento agressivo.


O estudo consistiu no desenvolvimento de uma vacina que tivesse uma dupla atuação , a efetividade da quimioterapia (tratamento que utiliza medicamentos para destruir as células doentes) e a eficácia de resposta a longo prazo da imunoterapia (que auxilia o próprio sistema imunológico do paciente a identificar e combater o câncer).


Os cientistas implantaram uma matriz de medicamentos perto da área tumoral, mais especificamente nos linfonodos, que são órgãos do sistema linfático. Eles observaram uma maior apresentação dos antígenos tumorais facilitando o reconhecimento e, consequentemente, maior destruição das  células tumorais e ainda uma memória imunológica, que forneceu proteção contra o ressurgimento do tumor.


Segundo Dra. Andrea Gadelha Guimarães, nossa Oncologista Clínica, este estudo traz luz e esperança de novas alternativas futuras de tratamento para mulheres com câncer de mama triplo negativo.


Para ler na íntegra a maté publicada no UOL, acesse: https://g1.globo.com/bemestar/cancer/noticia/2020/11/12/vacina-contra-cancer-de-mama-triplo-negativo-tem-sucesso-em-teste-com-camundongos-aponta-pesquisa.ghtml


5 visualizações
IUCR_logo_hor_CEMYK_negativo.png
logo-fb.png
logo-linkedin.png
instagram-logo-icon-voronezh-russia-nove
logo-youtube.png
Médico responsável: Dr. Gustavo Cardoso Guimarães - CRM/SP 80506
Copyright © Instituto de Urologia, Oncologia e Cirurgia Robótica Dr. Gustavo Guimarães. Todos os direitos reservados